Fintech

Advogados para Fintech | Jurídico para Fintech

O escritório Silva | Lopes Advogados conta com uma equipe especializada de advogados para fintech. O Silva | Lopes Advogados possui um extenso portfólio neste setor.

A experiência do escritório neste nicho de mercado foi consolidada por atendimentos prestados a  diversas startups, tornando-se o principal nome do Rio Grande do Sul e umas referências do país inteiro. O Silva | Lopes  Advogados também é parceiro oficial da Associação Gaúcha de Startups e do Tecnopuc (eleito o melhor parque tecnológico do Brasil).

Para atender as demandas jurídicas de uma startup com foco no mercado financeiro, o Plano Fintech do Silva | Lopes Advogados oferece uma assessoria empresarial e consultoria para atuação em necessidades extrajudiciais e regulatórias nas áreas Bancária, de Sistema Financeiro, Mercado de Capitais, Comercial, Contratual Empresarial (Nacional e Internacional), Societária (S.A. e Ltda.) e Propriedade Intelectual.

VEJA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE FINTECHS

O que é SCD e SEP?

Dentre os serviços prestados por fintechs, está peer to peer (P2P), que consiste no empréstimo entre pessoas intermediado por meio de uma plataforma eletrônica em formato de marketplace – fornecida por um terceiro que, não necessariamente, participa da negociação. O serviço tem chamado mais atenção atualmente por ser um modelo de negócio inovador e escalável…. VER MAIS

 

Fintechs crescem mais de 700% e abrem os olhos do Brasil para o mercado de tecnologia financeira

Em recente levantamento feito pela Fintech Lab, iniciativa de Clay Innovation, houve um crescimento de 748% do mercado brasileiro de fintechs, comparando o cenário em 2015 com o atual.  O número de empresas mapeadas no primeiro relatório, elaborado pelo Radar Fintechlab em 2015, foi de 54. Em agosto deste ano, o levantamento apresentou 404 fintechsVER MAIS

 

Fintech capta R$16,6 milhões no mercado de capitais

A plataforma online de crédito pessoal Rebel acaba de anunciar sua primeira oferta pública de títulos. A fintech levantou R$16,6 milhões, via securitização de créditos financeiros emitidos pela VERT Fintech. Os papéis foram adquiridos pela XP Investimentos e pela Point Break Capital… VER MAIS