Áustria quer que redes sociais identifiquem usuários

A medida vai contemplar as maiores redes sociais

Áustria quer que redes sociais identifiquem usuários Áustria quer que redes sociais identifiquem usuários

O governo da Áustria planeja obrigar as grandes e mídias sociais a verificar a identidade de seus usuários. O objetivo da medida é que os usuários possam ser rastreados caso publiquem discurso de ódio anonimamente.

A iniciativa será aplicada apenas a plataformas maiores, definidas como aquelas com mais de 100 mil usuários ou 500 mil euros em receita no país. A medida faz parte de um projeto de lei que ainda não foi submetido ao parlamento.

O ministro de Cultura e Mídia, Gernot Bluemel, espera que o projeto entre em vigor em setembro do ano que vem. O projeto é o primeiro deste tipo na União Europeia. Outros países do bloco, incluindo Alemanha e França, tomaram medidas para conter o discurso de ódio online.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Reuters. Foto: Divulgação.