Cuba amplia o acesso a internet móvel

O país até então era considerado o menos conectado do Ocidente

Cuba amplia o acesso a internet móvel Cuba amplia o acesso a internet móvel

Desde a quinta-feira, dia 7, os cubanos podem acessar a internet por meio de seus celulares. De acordo com agência de telecomunicações do país, a ETECSA, quase seis milhões habitantes da ilha possuem celulares, porém nem todos podiam arcar com os custos dos pacotes de acesso à internet móvel.

Para tornar o acesso mais viável, a ETECSA anunciou, no dia 4 deste mês, pacotes de dados por preços um pouco mais acessíveis. Nos planos mensais, 600 MB custam cerca de US$ 7 e 4 GB saem por cerca de US$ 30. Sem pacotes de dados, cada 100 MB custam cerca de US$ 10.

Embora a medida da agência baixe os valores, as tarifas continuam pesadas para a população. O salário médio dos cubanos é de US$ 30 por mês.

Exclusão digital – O país enfrenta uma espécie de exclusão digital por diversos fatores. O longo embargo comercial dos Estados Unidos dificultou que o governo cubano tivesse acesso à infraestrutura necessária para oferecer conexão à população. Até 2013, só era possível ter acesso a internet em hotéis turísticos.

Nos anos seguintes, o Governo realizou projetos de inclusão digital e tornou prioridade a introdução de cibercafés e implementação de pontos de acesso Wi-Fi externos. Porém, a conexão só começou a chegar às residências cubanas recentemente, mas sem uma adesão significativa.

De acordo com a vice-presidente da ETECSA, Tania Velázquez, foi realizado um teste de internet móvel, em agosto deste ano. A agência planeja lançar o serviço aos poucos, durante vários dias. O objetivo é evitar o congestionamento de tráfego de dados.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Reuters. Foto: Divulgação.