Executiva da Huawei é presa no Canadá

A executiva estava sendo procurada para extradição pelos Estados Unidos

Executiva da Huawei é presa no Canadá Executiva da Huawei é presa no Canadá

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi presa em em Vancouver, no Canadá, a pedido da polícia dos Estados Unidos no último sábado, dia 1º. A executiva, que é filha do fundador da empresa, Ren Zhengfeis, estava sendo procurada para extradição pelos Estados Unidos. De acordo com a empresa chinesa, Meng foi presa durante uma conexão de voos.

O governo chinês exigiu, nesta quinta-feira, dia 6, a liberação de Meng e pediu explicações a Washington e Ottawa pela prisão. A prisão da diretora financeira da empresa aumentou a preocupação de investidores com o reacendimento das tensões comerciais entre Washington e Pequim, mexendo com as bolsas de valores em todo o mundo.

A executiva deverá comparecer a uma audiência na sexta-feira, dia 7, quando será estabelecido o valor de sua fiança. Maiores informações sobre o caso não foram divulgados, pois, Meg solicitou a proibição de divulgação. O desejo foi acatado pelo Departamento de Justiça do Canadá e pelos tribunais.

Desde abril deste ano, os Estados Unidos está de olho na fabricante de eletrônicos chinesa. As autoridades norte-americanas a acusam de fornecer tecnologia à Coreia do Norte e ao Irã, apesar das sanções impostas pelo Governo Trump. Para legisladores dos Estados Unidos, a companhia de Zhengfeis é uma ameaça à segurança nacional.

A Huawei nega as acusações, alegando que seguiu rigorosamente os regulamentos impostos no controle de exportação e sanções da ONU, União Europeia e Estados Unidos.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: BBC. Foto: EPA.