Intel e Alibaba se unem para criar uma nova tecnologia de monitoramento 3D nos Jogos Olímpicos de Tóquio

A parceria visa oferecer aos torcedores uma narrativa envolvente sobre o desempenho dos atletas de classe mundial e um comparativo entre eles

Intel e Alibaba se unem para criar uma nova tecnologia de monitoramento 3D nos Jogos Olímpicos de Tóquio Intel e Alibaba se unem para criar uma nova tecnologia de monitoramento 3D nos Jogos Olímpicos de Tóquio

A Intel e Alibaba uniram forças para desenvolver uma tecnologia de monitoramento de atletas usando inteligência artificial. Esta nova tecnologia deve ser utilizada nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Usando hardware da Intel, ainda será lançado, e a tecnologia de computação em nuvem da Alibaba, a novidade fará uso intensivo de recursos computacionais para extrair formas 3D dos atletas em treinamento ou em competição.

Segundo o vice-presidente executivo e gerente geral do área de Data Center Group da Intel, Navin Shenoy, o novo conceito de tecnologia, chamado “3D Athlete Tracking”, usa a inteligência artificial para analisar vídeos de atletas e melhora o processo de treinamento. A novidade também tem poder para aprimorar a experiência do público durante as competições. “Essa tecnologia tem um enorme potencial como ferramenta de treinamento dos atletas e deve ser um elemento de transformação na experiência dos torcedores com os Jogos Olímpicos, criando uma maneira inteiramente nova para as emissoras analisarem profundamente e reexaminarem os destaques durante os replays”, explica.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Startupi. Foto: Nightly News.