Metrô da China testa reconhecimento facial para o pagamento de passagens

Mais de meio bilhão de chineses usam seus smartphone para pagar por serviços não digitais

Metrô da China testa reconhecimento facial para o pagamento de passagens Metrô da China testa reconhecimento facial para o pagamento de passagens

O metrô de Shenzhen, uma das cidades mais modernas da China, iniciou a fase de testes do pagamento com reconhecimento facial. A tecnologia pode ser implementada graças à internet 5G de alta velocidade, segundo a Shenzhen, que opera o metrô. A inteligência artificial foi desenvolvida em parceria com a empresa de telecomunicações Huawei.

A tecnologia visa facilitar o tráfego intenso de pessoas no metrô. Na cidade são realizadas mais de 5 milhões de viagens diárias na malha de trens subterrâneos. Shenzhen é a décima primeira cidade mais populosa do país.

Na estação de Futian, foram instalados tablets junto às catracas. Os dispositivos possuem tecnologia que reconhecem o rosto dos passageiros. Ao identificar o indivíduo, a passagem é debitado automaticamente da carteira virtual do usuário do metrô.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: StartSe. Foto: Divulgação.