Presidência da Xiaomi deixa cargo da empresa na China

As mudanças são efetivas a partir de dezembro

Presidência da Xiaomi deixa cargo da empresa na China Presidência da Xiaomi deixa cargo da empresa na China

Sete executivos do alto escalão da Xiaomi deverão ser substituídos e realocados em outras áreas. Entre eles, está o cofundador e presidente da empresa na China, Lei Jun, que será destituído do cargo e substituído por Lu Weibing. 

De acordo com uma carta interna da empresa chinesa aos funcionários no final de novembro, Jun segue como presidente do conselho e CEO global. 

Nos últimos seis meses a Xiaomi teve resultados negativos no mercado chinês. A empresa viu sua fatia em smartphones diminuir de 12% para 9% dentro do país. 

Entretanto, a Xiamoi segue forte na Europa. As vendas de smartphones da chinesa cresceram 73% entre o terceiro trimestre de 2018 e o mesmo período em 2019.

Fonte: StartSe. Foto: Divulgação.