Waymo disponibiliza serviço de táxi autônomos nos Estados Unidos

O grupo Alphabet não revela seu investimento total em carros autônomos. Para especialistas do setor, o valor é superior a US$ 1 bilhão

Waymo disponibiliza serviço de táxi autônomos nos Estados Unidos Waymo disponibiliza serviço de táxi autônomos nos Estados Unidos

A Waymo, empresa do grupo Alphabet, iniciou a operação de um serviço pago de táxis autônomos: o Waymo One. A empresa está atuando no segmento desde a quarta-feira, dia 5, na região de Phoenix, nos Estados Unidos.

Sem fazer alarde, a companhia começou a cobrar dos passageiros o uso de seus veículos sem motorista em uma área de aproximadamente 160 quilômetros em quatro bairros na região de Phoenix – Chandler, Tempe, Mesa e Gilbert. A empresa testa sua tecnologia desde 2016, na região.

Para usar o novo serviço, os usuários devem baixar um aplicativo e fornecer um número de cartão de crédito, semelhante ao procedimento de outros serviços de compartilhamento de viagens. Um motorista humano estará ao volante, apenas para intervir em caso de emergência.

Por enquanto, o serviço do Waymo está limitado a “centenas” de pessoas, com um preço equivalente ao praticado por Uber e Lyft. De acordo com o presidente-executivo da Waymo, John Krafcik, a empresa espera tornar o Waymo One disponível para mais usuários em breve. “A tecnologia autônoma é nova para muitos, por isso, estamos procedendo com cuidado”, comenta o executivo.

A empresa vem testando seus carros autônomos há uma década. Durante este período, a Waymo registrou mais de 10 milhões de milhas em vias públicas e em 25 cidades norte-americanas. Sua frota atual conta com 600 veículos.

As leis para este tipo de veículos nos Estados Unidos ainda são uma colcha de retalhos incoerente, tornando-as um obstáculo significativo para a rápida expansão do segmento.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Reuters. Foto: Divulgação.