Home » Blog » Blockchain é usado para rastrear procedência de joias

Blockchain é usado para rastrear procedência de joias

Empresas e consumidores podem verificar a autenticidade do diamante antes de comprar a joia

Blockchain é usado para rastrear procedência de joias Blockchain é usado para rastrear procedência de joias

Criado por um grupo de empresas do setor de joias, o TrustChain é um consórcio que utiliza a tecnologia blockchain para rastrear a procedência dos produtos. O sistema verifica a origem e autenticidade de diamantes e do ouro usado nas peças antes de adquirir os produtos.

O projeto foi construído com a tecnologia blockchain da IBM e envolve refinadores, fornecedores, fabricantes de joias e a varejista norte-americana Helzberg Diamonds. Cada passo do processo de produção até a venda é registrado em um sistema compartilhado. Segundo a Fortune, a tecnologia é transparente, inviolável e distribuída em vários computadores, o que garante sua segurança.

De acordo o TechCrunch, até 2019 será possível usar um QR code no diamante para ver toda a cadeia de suprimentos no smartphone.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Época Negócios Online. Foto: Divulgação.