Home » Blog » China instala câmeras acústicas para multar motoristas buzinando

China instala câmeras acústicas para multar motoristas buzinando

A iniciativa foi implementada em 40 cidades

China instala câmeras acústicas para multar motoristas buzinando China instala câmeras acústicas para multar motoristas buzinando

Além da poluição atmosférica tóxica, causada pelo congestionamento, a poluição sonora proveniente de buzinas constantes fez de Pequim a sexta cidade mais barulhenta do mundo. Há 11 anos é ilegal buzinar na maioria das áreas da cidade. Porém, a dificuldade para coletar provas tornou a lei ineficaz.  Diante deste cenário, o governo chinês o mapa de ruído da cidade e implementou medidas para reverter a situação.

O Departamento de Gestão de Tráfego de Pequim instalou 20 câmeras acústicas projetadas para identificar os carros buzinando. O sistema reúne 32 microfones, uma câmera de alta definição, uma tela, um flash e um sistema de processamento para filmar um vídeo de dois segundos e capturar a placa de cada carro que buzina. A polícia local analisa as filmagens para determinar se era, de fato, necessário buzinar e, se não, avalia a aplicação de uma multa de US$ 16.

Não é apenas a capital chinesa que sofre com a poluição sonora no país. Cerca de 40 cidades chinesas, incluindo Shenzhen, implementaram a tecnologia que pode capturar os motoristas buzinando com uma taxa de precisão de 92% a 95%.

Parte do problema é devido ao grande número de veículos nas estradas chinesas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais de 260 mil pessoas morreram no trânsito chinês em 2013. O país é um dos mais perigosos do mundo para os motoristas.

A expectativa é que a tecnologia das câmeras acústicas possa fazer reconhecimento facial em breve, deduzindo pontos da habilitação dos condutores que buzinarem repetidamente.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Época Negócios Online. Foto: Reprodução / Giphy.