Home » Blog » Elon Musk deverá deixar a presidência da Tesla

Elon Musk deverá deixar a presidência da Tesla

Com a aprovação do acordo, as ações da Tesla saltaram mais 4%

Elon Musk deverá deixar a presidência da Tesla Elon Musk deverá deixar a presidência da Tesla

Um juiz federal aprovou o acordo do CEO da Tesla, Elon Musk, e a Comissão de Valores Mobiliários (SEC, na sigla em inglês). A SEC acusava Musk de fraude de títulos por ter dito, via sua conta no Twitter, que compraria de volta as ações da Tesla e fecharia o capital da empresa.

A Comissão de Valores Mobiliários havia apresentado uma queixa, após o CEO da Tesla recusar, de última hora, um acordo extrajudicial que exigia que ele não mais fizesse parte de cargos de diretoria em nenhuma empresa. A SEC, então, retirou o acordo.

Este novo acordo inclui vetos ainda mais duros que o original, recusado por Musk. O executivo deve renunciará ao cargo de presidente do Conselho da Tesla e da presidência da empresa, além de pagar uma multa no valor de US$ 20 milhões.

O Musk tem o prazo de 45 dias para se demitir, a contar da data do novo acordo, 29 de setembro. Musk também não pode aceitar nomeações como presidente pelos próximos três anos, mas poderá manter sua posição de CEO da empresa. O novo presidente será nomeado de forma independente.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Tech Cruch. Foto: Diego Donamaria / Getty Images.