Home » Blog » Foodtech que evita o desperdício de alimentos chega a Brasília

Foodtech que evita o desperdício de alimentos chega a Brasília

Empresa pretende evitar que cinco toneladas de comida sejam descartadas até o final do ano na capital federal

Foodtech que evita o desperdício de alimentos chega a Brasília Foodtech que evita o desperdício de alimentos chega a Brasília

A Food To Save já evitou o descarte de mais de 800 toneladas de alimentos na Capital Paulista, no Grande ABC, Campinas (SP), Americana (SP) e Rio de Janeiro (RJ). Agora, a foodtech planeja evitar que cinco toneladas sejam desperdiçadas em Brasília até o final do ano e transformar os hábitos dos consumidores locais.

De acordo com o CEO e cofundador da Food To Save, Lucas Infante, Brasília é uma das capitais mais importantes do país em representatividade na questão ambiental. “Entendemos que a cidade é a principal da região centro oeste e nesse sentido a mais engajada nas questões sociais. Por isso, queremos levar hábitos mais sustentáveis e, desta forma, ajudar o meio ambiente e os estabelecimentos a sanar um problema tão comum e que pode levar a tantos prejuízos, que é o desperdício de alimentos”, conta. 

A meta da Food To Save é aumentar a quantidade de alimentos resgatados e continuar ampliando a operação para estados vizinhos como Minas Gerais (MG) e Paraná (PR). “Estamos em um processo muito positivo, pois tivemos um crescimento significativo desde a fundação. Além disso, mais recentemente, iniciamos a operação em Americana (SP) e no Rio de Janeiro (RJ), e percebemos que neste cenário da pandemia a população está cada vez mais consciente quanto ao desperdício de alimentos. Nosso principal aprendizado tem sido a compreensão da necessidade de insistirmos no viés educacional, para que cada vez mais usuários e parceiros se engajem nessa luta conosco”, complementa Infante. 

Hoje, a foodtech conta com mais de mil estabelecimentos parceiros nas regiões em que opera e 300 mil pedidos no aplicativo. No total, o app já gerou mais de R$6 milhões em receita incremental aos estabelecimentos parceiros. A meta da empresa é atingir mais de 1,5 mil estabelecimentos até o final de 2022. 

Sobre – A Food To Save é uma foodtech sustentável que nasceu para revolucionar o desperdício de alimentos no Brasil. Atua como um elo entre estabelecimentos que possuem excedentes de produção e clientes engajados e preocupados com o consumo consciente. 

Foto: Divulgação.