Home » Blog » PicPay lança função “cofrinhos” para ajudar a guardar dinheiro

PicPay lança função “cofrinhos” para ajudar a guardar dinheiro

Usuários poderão criar reservas de acordo com seus objetivos financeiros

PicPay lança função “cofrinhos” para ajudar a guardar dinheiro PicPay lança função “cofrinhos” para ajudar a guardar dinheiro

O PicPay criou uma ferramenta para ajudar os usuários a guardarem dinheiro para seus objetivos. Com os “cofrinhos”, eles poderão definir metas como fazer uma viagem, comprar um bem ou criar uma reserva de emergência. Os recursos rendem diariamente 102% do CDI, o que equivale a 140% da poupança, e podem ser resgatados a qualquer momento.

Os cofrinhos foram criados para atender a uma demanda dos clientes de organizar as economias de forma rápida e simples, especialmente nessa época, quando começam as resoluções de ano-novo. É possível personalizar a reserva de acordo com os objetivos e estipular um prazo para atingi-los. A nova função será disponibilizada gradualmente. 

Com o novo incentivo para guardar dinheiro por mais tempo, os valores que estiverem no saldo da conta, portanto fora dos cofrinhos, passarão a ter rendimento diário no primeiro dia útil após 30 dias da data do depósito, prazo em que se encerra a incidência de IOF. Nesse momento, o cliente também receberá o retorno retroativo referente ao primeiro mês. Assim, nada muda no rendimento se o dinheiro ficar na conta por mais de um mês ou se estiver nos cofrinhos.

Tanto o montante guardado como o saldo são depositados automaticamente em um CDB com liquidez diária e não têm limite de valor. Eles contam ainda com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para valores até R$ 250 mil. Para permitir que os usuários aumentem ainda mais sua proteção, o PicPay vai lançar no começo do ano a função ‘Locais Seguros’, que permite determinar em quais localizações o cliente quer liberar a movimentação das suas economias — como ao estar em casa, por exemplo. 

O saldo total em carteira dos usuários, uma das principais métricas de engajamento, já chega a R$ 9 bilhões, 1,4 vezes maior do que no início do ano. Até o fim de novembro, mais de 22 milhões de usuários mantiveram seus recursos no PicPay.

Foto: Divulgação.