Home » Blog » Startups de crédito aprovam novas regras do CMN

Startups de crédito aprovam novas regras do CMN

Para as empresas, as medidas trarão segurança jurídica, flexibilidade nos modelos de negócios e conforto para investidores e usuários

Startups de crédito aprovam novas regras do CMN Startups de crédito aprovam novas regras do CMN

A nova regulamentação do Conselho Monetário Nacional (CMN) foi bem recebida pelas startups brasileiras que já atuam no segmento de crédito. Para o presidente executivo da Creditas, Sérgio Furio, um dos pontos mais importantes da nova regulamentação foi a possibilidade de as startups “alçarem voo sozinhas ou manterem parcerias com instituições tradicionais”.

O executivo acredita que a redução do tempo de formalização das empresas é essencial para aumentar a velocidade do setor. A possibilidade fundos de investimentos entrarem como sócios das startups financeiras é outra mudança que agradou às empresas. Para o diretor da Just, que faz parte do grupo Guia Bolso, Bruno Poljokan, a alteração “é uma medida que dá segurança jurídica e certamente vai incentivar a entrada de capital no segmento”.

Com a nova regulamentação, o CMN também passa a permitir que pessoas físicas invistam até R$ 15 mil nas plataformas.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Estadão Conteúdo. Foto: Divulgação.