Home » Blog » Uber vai investir R$ 250 milhões em centro tecnológico brasileiro

Uber vai investir R$ 250 milhões em centro tecnológico brasileiro

O Brasil é o segundo maior mercado da startup

Uber vai investir R$ 250 milhões em centro tecnológico brasileiro Uber vai investir R$ 250 milhões em centro tecnológico brasileiro

Com objetivo de melhorar segurança, a Uber vai investir R$ 250 milhões em um centro tecnológico no Brasil. A empresa deseja que a forma de pagamento em dinheiro se torne mais confiável para os motoristas.

“É extremamente importante para nós apoiarmos o pagamento em dinheiro. Há um certo segmento da sociedade que não tem acesso a cartões de crédito e esse é também o segmento da sociedade que provavelmente tem mais necessidade de transporte conveniente e confiável”, diz o diretor de produtos de segurança da Uber, Sachin Kansal.

São Paulo foi a cidade escolhida para receber o centro, que contará com cerca de 150 especialistas de tecnologia focados no desenvolvimento de soluções de segurança. O país é o segundo maior mercado da Uber no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo a empresa, nos últimos quatro anos um bilhão de corridas foram feitas com o aplicativo no Brasil.

Novas ferramentas estão auxiliando na confirmação da identidade dos usuários que não fazem o uso de cartões de crédito, sendo uma delas a exigência de um número de identificação do passageiro para o pagamento em dinheiro, de acordo com o executivo. Outro recurso que está sendo aplicado é a tecnologia de aprendizado de máquina para bloquear viagens que possam ser arriscadas, antes mesmo de elas começarem.

A Uber permite que tanto usuários quanto motoristas compartilhem suas localizações em tempo real com seus contatos, entretanto, apenas 10% dos usuários utilizam esse recurso.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Reuters. Foto: Divulgação.