Home » Blog » Velivery lança criptomoeda durante a 3ª edição da Veg Friday

Velivery lança criptomoeda durante a 3ª edição da Veg Friday

A ação é a maior do segmento de vendas do mercado vegetariano

Velivery lança criptomoeda durante a 3ª edição da Veg Friday Velivery lança criptomoeda durante a 3ª edição da Veg Friday

Com inspiração na Black Friday, o Velivery realizará a 3ª edição da VegFriday. A ação, que vai acontecer de 19 a 23 de novembro deste ano, é a maior do segmento de vendas do mercado vegetariano e oferecerá descontos de 20, 30 e 50% em comidas vegetarianas e veganas em Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.  A startup é parceria do Silva | Lopes Advogados.

Nesta edição, o Velivery apresentará uma novidade especial: o lançamento de sua criptomoeda, a VegCoin. Quem realizar uma compra utilizando o aplicativo da empresa durante a VegFriday, ganhará uma moeda.

Inicialmente, a moeda vegana será lançada apenas para os usuários do aplicativo. Quem adquirir as VegCoins durante a VegFriday poderá comprar produtos exclusivos da marca. O primeiro produto é uma camiseta “Unicórnios Não Comem Carne”. A compra só vai ser liberada a partir de segunda-feira, dia 19.

Em um segundo momento, a VegCoin também será aceita nos restaurantes parceiros da plataforma como um plano de fidelidade e bonificações. Já a 3ª fase do projeto visa atender todo o ecossistema alimentício, contemplando os todos os agentes (agricultor, produtor, restaurante e consumidor).

A Blockchain, ou VegChain, já está em processo de desenvolvimento e terá a abertura da sua documentação no primeiro trimestre de 2019.

VegCoin– A moeda digital foi criada com o intuito de ser uma rastreada para fins da alimentação e não exploração animal. A VegCoin tem o objetivo de valer mais do que dinheiro, pois a aquisição ou distribuição dessas criptos passa pelo entendimento de estar em mãos com um conceito, uma causa para valorizar. “A tecnologia pode nos ajudar a entender melhor como o nosso dinheiro se relaciona e onde ele repercute. A VegCoin é um exemplo de uma criptomoeda que vem para o bem, para orientar recursos para um ecossistema que visa transformar a vida das pessoas através da alimentação”, comenta o CEO e cofounder do Velivery, Benhur Antunes.

Para adquirir a VegCoin, o usuário terá duas opções: comprar ou minerar. A moeda vegana funcionará um pouco diferente, o consumidor “colhe” ela. A primeira “colheita” da criptomoeda acontecerá durante a VegFriday.

A moeda digital vegana oferecerá acesso a produtos exclusivos, que só podem ser comprados por quem tiver pelo menos uma VegCoin. Quanto mais moedas o usuário possuir, mais barato os produtos ficam.

Dúvidas Jurídicas sobre a sua Startup? Conheça nosso PLANO STARTUP com assessoria jurídica especializada em Startups e Empresas de Tecnologia, contando com advogados especialistas em Startups. Não deixe de acompanhar nossos vídeos no CANAL SL, nossa página no FACEBOOK e assinar nossa NEWSLETTER.

Fonte: Velivery. Foto: Divulgação/ Velivery.